36ª CRE promove o Prêmio Excelência em Educação

 Em mais uma parceria entre a 36ª Coordenadoria Regional de Educação e o grupo Jornal da Manhã, o Prêmio Excelência em Educação teve a sua cerimônia de entrega realizada nesta última sexta-feira, 27 de novembro no teatro do SESC Ijuí e contou com o apoio de Unimed Noroeste, Sicredi, Grupo Fricke e Fecomércio Senac

O Prêmio Excelência em Educação surgiu com o objetivo de reconhecer o empenho dos educadores da rede pública estadual que nesse momento de pandemia conseguiram encontrar soluções e se adaptaram ao cenário atual, buscando através de abordagens inovadoras o uso de recursos e práticas educacionais, além do engajamento com os alunos.

A premiação realizada no teatro do SESC Ijuí precisou ser adaptada, devido ao crescente número de casos de Covid – 19 no município, contando apenas com a presença dos apoiadores do projeto, chefias dos setores da 36ª CRE e os vencedores de cada categoria com seus acompanhantes, respeitando o distanciamento social e os protocolos sanitários necessários.

O Professor José Augusto Fiorin, chefe do Núcleo de Tecnologia Educacional da 36ªCRE, foi o apresentador do evento. Primeiramente foram apresentados os apoiadores do projeto e a comissão julgadora, responsável por selecionar os vencedores de cada categoria.

Dando prosseguimento à premiação, foram convidados para receber o troféu e o certificado junto ao palco, os seguintes professores: 

Projeto Escola

Título do Projeto

#A Vida é da Cor que Você Pinta

Escola

E.E.E.M Agostinha Dill

Responsável

Professora Lucinéia Renata Martins Zborovskí

Orientador Educacional

Título do Projeto

O Orientador em Tempos de Pandemia: Um Caminho Possível

Escola

E.E.E.M Emil Glitz

Responsável

Professora Osméri Antonia Groth dos Santos

Professor da Educação Profissional

Título do Projeto

Curso Técnico em Edificações

Escola

I.E.E. Guilherme Clemente Köehler

Responsável

Professor Claudiomir de Matos Lino

Gestor de Escola

Título do Projeto

80 Anos de História, Sonhos e Realizações

Escola

E.E.E.M Agostinha Dill

Responsável

Professora Luciléia Renata Martins Zborovskí

Professor de Ensino Fundamental – Anos Iniciais

Título do Projeto

“Em Tempo de Pandemia um Sarau de Poesia”

Escola

E.E.E.F. Medianeira

Responsável

Professora Neide Maria Hoffmann

Professor do Ensino Fundamental – Anos Finais

Título do Projeto

Um “Projeto de Vida” para 2020

Escola

E.E.E.F Alice Couto

Responsável

Professora Janaina Ribeiro Rios Feller

Coordenador Pedagógico

Título do Projeto

#A Vida é da Cor que Você Pinta

Escola

E.E.E.M Agostinha Dill

Responsável

Professora Lucinéia Renata Martins Zborovskí

Professor do Ensino Médio

Título do Projeto

Momento de Agradecer aos “Heróis da Saúde”

Escola

E.T.E 25 de Julho

Responsável

Professor Cristiano Zimmermann

Professor da Educação Especial

Título do Projeto

Integração #Amigo

Escola

E.E.E.M Agostinha Dill

Responsável

Professora Lúcia Oliveira de Andrade

Professor da Educação de Jovens e Adultos

Título do Projeto

Mudando a Forma de Como Vemos as Coisas

Escola

E.T.E. 25 de Julho

Responsável

Professora Janaina Ribeiro Rios Feller

 Após a entrega dos prêmios, o Coordenador Cláudio da Cruz de Souza, destacou: “Parabenizo todos os professores agraciados. Vocês hoje representam os mais de mil professores que trabalharam com muito afinco e dedicação, neste ano que vai ficar na história”.

Por fim, a diretora do Grupo Jornal da Manhã, Iara Soares, recebeu o título de Amiga da Educação o qual foi entregue devido ao constate apoio aos projetos promovidos pela Coordenadoria.

“Esse momento é de grande significação. A pandemia nos mostrou o que mais importa, e com isso percebemos a importância absoluta da presença e do trabalho do professor. Estamos aqui hoje para honrar esse trabalho que vocês realizaram e desejar que sirva de inspiração aos seus colegas. ”, salientou Iara, parabenizando os premiados.

O Evento pode ser visto na íntegra através do vídeo abaixo


Registro de fotos da noite do evento
































Entidades recebem telas do Salão Artístico Estudantil


Promovido em parceria entre a 36ª Coordenadoria Regional de Educação – CRE e o Jornal da Manhã, o 1º Salão Artístico Estudantil tem sua exposição física na cidade de Ijuí, que ocorrerá até o final do ano no espaço de entidades parceiras

O evento surgiu com a ideia de incentivar e desafiar os estudantes neste período de distanciamento social. A primeira edição veio com o tema “Em Tempos de Pandemia”, estimulando a criatividade e as habilidades artísticas dos alunos que realizaram um desenho e a pintura deste em uma tela.

Em um primeiro momento, algumas das 55 telas estarão expostas em duas entidades do município, até o final de novembro no saguão de entrada do Fórum de Ijuí e nas agências da Sicredi das Culturas RS/MG Ijuí Centro e Ijuí São Francisco.

“Como instituição financeira cooperativa que busca sempre cooperar com o desenvolvimento das nossas comunidades, ficamos muito felizes em apoiar esta iniciativa, sendo parceiros e acreditando sempre no potencial da educação para promover avanços na sociedade. Além disso, quem passar pelas nossas agências nos próximos dias também poderá ter contato com os materiais belos e representativos materiais produzidos pelos estudantes”, destaca o gerente da agência Sicredi Ijuí São Francisco, Éverton Dill.

No início de dezembro os trabalhos serão expostos em duas novas instituições, Fecomércio – Senac e Unimed, onde ficarão por mais um período de tempo.

  A Galeria Virtual completa pode ser encontrada no link abaixo!

Fórum de Ijuí:








 

 Agência Sicredi das Culturas RS/MG Ijuí Centro:






 

Agência Sicredi das Culturas RS/MG Ijuí São Francisco:






Dia da Consciência Negra nas escolas da 36ªCRE

 

20 de novembro é marcado pelo Dia da Consciência Negra, data que faz referência à morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo de Palmares - um símbolo de luta e resistência à escravidão no Brasil.    

Em 9 de janeiro de 2003, através da lei nº 10639 foi determinada a inclusão da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” no currículo escolar e em 10 de novembro de 2011 foi instituído o dia 20 de novembro como Dia Nacional da Consciência Negra.

As escolas localizadas na área de abrangência da 36ª CRE realizaram diversas ações nessa data. A E.T.E. 25 de Julho realizou atividades nas disciplinas de Artes, Filosofia e História, abordando cultura, crenças, danças, artes plásticas, culinária e racismo.  A E.E.E.F Adolfo Kepler trabalhou nos componentes de Artes, Projeto de Vida e Produções Interativas fazendo alusões às diferenças culturais e respeito às diferenças, leitura e análise de poesia “Respeito não tem cor” e a criação de bonecas Abayomi, símbolos de resistência. A E.E.E.F Chico Mendes trabalhou com o respeito à diferença, após assistir um vídeo sobre o tema, os alunos realizaram um desenho. A E.E.E.F Rui Barbosa envolveu diversos componentes curriculares fazendo referência à diversidade cultural, história, leitura de textos, filmes, músicas. A E.E.E.M Emil Glitz realizou um bate-papo online para a comunidade com o tema “Qual o Sentido do Dia da Consciência Negra? ”. A E.E.E.M José de Anchieta realizou um encontro online com a Avó de uma de suas alunas, que contou sobre sua experiência de vida, como sempre trabalhou muito e era pouco valorizada por conta da cor de sua pele. Foi um momento de reflexão e conscientização que emocionou a todos os participantes.

Além de uma data que relembra a luta de Zumbi, também é dedicado a homenagear a todos que no passado se dedicaram ao combate à escravidão, um mal que até hoje é presente em nosso país.













Siga nossas redes sociais